terça-feira, 10 de maio de 2011

Chapobolinha


Um gênio é reconhecido não apenas pela lamparina empoeirada onde é aprisionado. Os sons, as cores, as formas e os maiôs asa delta também inspiram uma hora de apelo universal. Única e inovadora por essência é a obra do basco Sergei Buchabikaoivouldiz. Tá na cara. É o que o povo gosta.

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Aguardem...

O curador Léo Martins acaba de voltar de Paris. Aguardem por mais obras e muito inspiração...

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Feliz ano novo


Festa de Ano Novo de Copacabana registrada em Paintgrafia, filme de 35mm, flash natural.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

A discórdia do Caranguejo mascarado


A obra acima, originalmente desenhada em uma tela de 80 metros de largura por 5 centímetros de altura, é um marco. Não sei por que, tá? Não insista. Obrigado, gato.

Droga, arraia!


Outra obra resgatada do lote roubado nos arredores de Madrid

Peixe Rei, o resgate


Cerca de 30 obras de arte roubadas em Novembro nos arredores de Madrid, foram encontradas no sábado numa furgoneta, anuncia a polícia espanhola.

As 28 obras de arte foram localizadas depois de uma delas, uma escultura assinada pelo artista plástico espanhol Ramón "El Jubashón" Calderón, ter sido apresentada para venda a um ferro-velho, indicou a polícia em comunicado.

Esta pista "conduziu os investigadores até às obras roubadas", precisou a polícia.

As obras de arte, todas assinadas por artistas contemporâneos, pertencem a várias galerias de arte de Madrid e Barcelona. Foram roubadas a 27 de Novembro quando regressavam de ser apresentadas numa exposição na Alemanha e se encontravam num camião estacionado num armazém em Getafe, 14 quilômetros a sul de Madrid.

Nos próximos dias, o PB's presenteará suas córneas com esse delicioso tesouro. Para começar, a obra Paincodélica "O Peixe Rei" (Barcelona, 1877)

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Acelera, nêgo bundudo!



O folclore nacional ganha nova vida na tablet de Daniel das Neves.

Em "Acelera, nêgo bundudo!" (2010), o novo mestre do Paint alude, com spray corrosivo, à poluição, à imobilidade social e ao descaso com os deficientes físicos no Brasil.

"Vivemos num império de sacis", diz o autor.

"A situação tá cada vez mais afrodescendente".

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

O Bigode



Hitler acordou despenteado e a consciência da manhã o atormentou. Ou seria Chaplin?

Como uma boa obra, "O Bigode" não tem respostas e certezas.

É uma ácida e minimalista expressão do estreante Cabelo, que abre uma nova escola de criação, questionando os valores conservadores impregnados na nossa sociedade com um bigode negro, retangular e exato no meio da face de um homem, tal qual um caixão.

Seria a representação da morte dos homens? Foda, hein?

Di. Zin. Tiria.

O subversivo Ricardo Martins pode ser considerado um novo e talentoso ícone do Spraycionismo.

Utilizando apenas a ferramenta spray, ele questiona, nesta obra complexa, as burocracias do mundo moderno. Em seus traços, as papeladas viram encanamentos e o sistema, bem, é apenas digestório.

"Di. Zin. Tiria." foi finalizada depois do almoço.

ÇANTOS



"Çantos" (2010) é uma reflexão sobre o analfabetismo e a paixão futebolística pincelada pelo enigmático artista da Baixada, TM.

Em entrevista exclusiva ao blog nesta tarde, ele revelou o segredo de concepção da sua obra: "Eu não estava conseguindo fazer o S".

O surgimento de um novo gênio


Por anos escondido numa redação apertada e úmida, Daniel das Neves pouco conseguiu mostrar ao mundo seu grande dom: o de desenhar no Paint. Pela tarde desta sexta-feira, dia 17 de dezembro de 2010, ele enfim descobriu nosso blog e, sem muito esforço, exibiu sua técnica numa obra que questiona, ao mesmo tempo, o controle ditatorial dos grandes grupos da imprensa e a violência contra a própria família. De Orson Welles a Freud, atropelando Luciano do Valle, eis uma obra caótica e atual, com profundidade psicológica que apenas os gênios dos poucos bits possuem.

Guardem esse nome.

"Bandeirantes" (2010), Daniel das Neves

Renascer sem Cristo


Renascer. Recriar. Recomeçar. Regurgitar. Rick. Renner. Rock. Roll. Hot. Roll. Joquem! Pow! Traços soltos formam laços esparsos como aspargos num vidrinho. O renascimento é como o amarelo safado que fica embaixo do marrom mais feio da história. É Paint. É brush. É um novo caminho. É um nenem enrolado. É um pouco sozinho.

Um apelo do cofundador do Paintbrushers, Leonardo Martins




Eu sou um otário.
Não recebo um centavo pelo meu trabalho no Paintbrushers. Nem eu nem nenhum dos nossos três ou quatro editores e autores. Quando fundamos o Paintbrushers, poderia tê-lo criado em plataformas mais atrativas, como o tumblr, e vender AdSense como um maluco, mas decidi fazer algo diferente.

O desenho é bom. O mercado de arte não é maléfico. Mas não cabe aqui. Não no Paintbrushers.

O Paintbrushers é algo especial. É como um Louvre ou uma penitenciária. É um templo para os mais dementes desse mundo. É um lugar ao qual todos podemos ir para chafurdar, chacotear e rabiscar nossos pensamentos insanos, usando apenas o lápis e o baldinho. É um projeto humano único, o primeiro do seu gênero na história. É um projeto humanitário que pretende levar todos os pixels mais toscos e geniais da história para cada pessoa do planeta.

Cada uma das pessoas do planeta.

Se cada corintiano doar 10 reais para o estádio... Quer dizer, se cada um de nossos 12 leitores fizer uma doação de 10 centavos, nós teríamos 20 vezes mais dinheiro do que minha conta bancária. Somos uma organização pequena e eu tenho trabalhado muito pouco ao longo dos anos para nos mantermos unidos.

Para conseguir isso sem recorrer aos meus pais, precisamos de vocês. É você que mantém esse sonho vivo. Foi você que criou a maior galeria digital de arte tosca do Brasil. É você que acredita que vale a pena termos este lugar de reflexão artística.

Este ano, por favor considere voltar a contribuir com o Paintbrushers. Esqueça os 10 centavos, nós já estamos fodidos mesmo. Nos ajude enviando obras de todos os tipos para proteger e sustentar esse projeto. O endereço você já conhece: paintbrushers@gmail.com.

Obrigado,

Leonardo Martins
Cofundador do Paintbrushers

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Garfield - Virgindade (obra roubada)

Sem tempo e sem caráter. Para os PaintBrushers, a arte está acima de tudo. Para vocês, sobram as linhas rudes e crueis vindas da perturbada mente do artista Mike, do DeleteYourself.com. Estampantem-se;


Garfield minus virginity.

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Ninjas Maneiros

(Scorpion)

Esta série de obras presta homenagem a Acclaim, produtora de games que usou o maneirismo como ninguém. Durante anos, eles apenas convocaram a ferramenta baldinho para criar novos personagens para a série Mortal Kombat. Enquanto isso, encheram o rabo de grana.
Até o dia em que existerem cores em uma paleta, poderão exisitir novos ninjas em Mortal Kombat. Duvida?


Sub-Zero


Smoke


Noob-Saibot


Esse não passou de ano, ele Reptile.


Ermac

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Estádios da Copa: Bacião

Clique nas imagens para ampliá-las; só não vale vomitar
Por fora, uma fruta tropical. Sementes de capotão. Encha a boca para dizer "Bacião".

Este brasileiríssimo projeto arquitetônico de GP foi medido para se instaurar em Brasília; quer continuar o que Niemeyer começou, tão vermelho quanto sua postura política, mas de maneira lúdica. Solta pelas pontas, talvez.

A construção, a partir de materiais ecológicos, é inspirada nas obras de Rui Ohtake, nas curvas da mulher brasileira e nos dedos trêmulos de um homem desesperado.

É a visão do futebol arte, amargo, mergulhado na angústia. As divisões não são exatas, as linhas não são retas. O campo é sonho, é injusto. "Eis o Neofutebolplástico em seu majestoso circo de atrações, jogado como antes, mas com formas mais sinceras ao seu verdadeiro papel: trazer cor à dura vida e exclur os perdedores"; diz o crítico Steve Ballmer deMumbai.




Em entrevista ao Paintbrushers, GP disse que o "Bacião", ou "Melancocelia Arena", é um projeto simples do ponto de vista técnico. "É pegar uma vasilha, jogar um spray vermelho e enfeitar com cadeiras; eu mesmo fiz a maquete".

Estádios da Copa - La Panetonera


Apesar de estar cotadíssimooooo para ser o palco poderoso e purpurinado da abertura da Copa de 2014, o efstádio Fífero Pompeu de Toledo, também conhecido como Bambineira ou Panetone, precisará passar por um extreme makeover para subir no salto agulha e garantir seu lugar. Os bofes da Fifa estão pedindo mil coisas, são umas frescas essas européias! Mas o clube mais organizado do Brasil não vai fazer por menos: já encomendou toneladas de plumas e paetês para transformar o Morumbiba no primeiro esftádio coberto (de glamour). Vejam como o Morumbi ficará depois dessa verdadeira balaiagem:

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Tributo ao Chapolim (série só no Pincel)


Injustamente associado aos sebosos emos paulistanos, El Chapulín Colorado ganha uma justa homenagem na série Só no Pincel. É só pincel, só na sacanagem, é com a mão esquerda, é com samba no pé, pois Todos mis movimientos están fríamente calculados